Sobre este e-book

O nascimento deste e-book levou dois anos – mas, efetivamente, a gestação dele durou os últimos onze. Cubro economia – um pouco por um interesse pessoal pregresso, um pouco pelas circunstâncias do destino – desde que me formei jornalista, em 2006. O fato é que quem envereda por aí tem de se habituar a lidar diariamente com números, um assunto incômodo para muitos. E precisa adquirir uma certa fluência com dados. Porque vira habitué de instituições que mantêm bases gigantescas deles. E porque vive correndo atrás de pautas neles, os dados.

Essa prática, até algum tempo atrás, não levava o nome de jornalismo de dados. O termo, na verdade, surgiu abrangendo uma série de atividades relacionadas ao uso de dados pelos jornalistas: coleta, limpeza, organização, análise, visualização e publicação, por exemplo. Nos últimos anos, virou palavra da moda. Hoje, há um esforço nas redações – seja nas de veículos tradicionais ou nas de projetos nascentes – para inserir essa prática nas suas rotinas produtivas.

Embora haja uma infinidade de dados econômicos disponíveis, encontrá-los e manuseá-los pode não ser algo trivial, especialmente para os recém-chegados à área. E foi por isso que Siga os Números surgiu. Não é um livro de jornalismo econômico, nem de jornalismo de dados. A pretensão deste e-book, na verdade, é ser um manual para familiarizá-lo com o que há de mais simples e imediatamente útil no mundo do jornalismo de dados para cobrir os assuntos de economia.

A construção do conteúdo deste manual se baseou em uma regra de bolso para jornalistas dos tempos contemporâneos, aparentemente de autoria de Jeff Jarvis, professor de jornalismo da City University, de Nova York: “Do what you do best, and link to the rest”. Sem a rima, a frase, em português, não vale pelo trocadilho, mas pelo que realmente diz (faça o que você faz de melhor, e crie links para o resto). Há cada vez mais materiais disponíveis na rede tanto sobre jornalismo de dados quanto sobre jornalismo econômico. Eles estão referenciados aqui (em muitos links, para deixar bem claro). O que esse e-book tenta fazer diferente é juntar uma coisa com a outra, mostrando onde encontrar e como usar dados para escrever sobre economia.

Especificamente, Siga os Números se dedica às duas editorias do jornalismo econômico em evidência atualmente: finanças e negócios. Nas seções batizadas de Pacotes de cobertura com dados, você encontrará conjuntos – ou “pacotes” – de materiais, dos mais variados tipos, que pretendem ajudá-lo a se familiarizar tanto com o jargão da área quanto com as principais fontes de onde tirar dados para suas apurações. Você perceberá que alguns recursos estão em inglês – eles foram referenciados quando os temas foram considerados suficientemente relevantes para justificar a presença em um e-book escrito em português (a disponibilidade de materiais na nossa língua é bem mais restrita).

Todo o conteúdo do e-book pode ser acessado a partir do menu do Sumário, localizado na parte superior, à direita, em todas as páginas. Mas você pode optar por ler o material de outras maneiras:

  • Pode adotar um percurso linear – do início ao fim, começando pela seção Descomplicando os dados. Se preferir assim, no final de cada página está indicada a próxima a acessar. Além disso, para que se localize no material, a área superior de todas as páginas indica o percurso da navegação até ali;
  • Mas talvez você já conheça o trabalho com dados. Se planilhas eletrônicas, raspagem e limpeza de dados não forem uma novidade, você pode querer conhecer mais sobre a cobertura de economia. Foque-se, então, em seções como O jornalismo econômico, Os dados no jornalismo econômico e os Pacotes de cobertura com dados;
  • Se a economia (e, em especial, a cobertura de finanças e negócio) é familiar para você, aproveite os conteúdos da seção Descomplicando os dados para aprender a mexer com eles. Há sugestões bem práticas e informações sobre o uso de ferramentas em Criando seu conjunto de dados, Como encontrar pautas nos dados? e Visualização, o fim (ou o início?) de tudo;
  • E se você já manja tanto de dados quanto de jornalismo econômico, há seções – como Para terminar: Precisamos falar sobre ética – com reflexões importantes sobre o trabalho dos jornalistas nos dias atuais. Siga os Números aborda as melhores práticas com dados – mas, claro, é você quem decide o que fazer com o que encontrar;
  • Há exemplos de peças jornalísticas que mesclam dados + economia distribuídos por todo o e-book. Mas caso você queira apenas ver alguns deles, as seções Para você se inspirar, dentro dos pacotes de cobertura com dados, juntam bons exemplos. Os de finanças e investimentos pessoais estão aqui e os de negócios e empresas, aqui.

Não importa a forma como vai prosseguir na leitura: conto com a sua colaboração para aperfeiçoar o material. Tem uma ferramenta para sugerir? Um assunto que interessa conhecer? Um bom exemplo para dar? Uma correção para reportar? Entre em contato (as coordenadas estão aqui). Ou deixe um comentário – todas as páginas estão habilitadas para recebê-los. Assim, este e-book vai ficar cada vez melhor.

Boa leitura!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s